História

O nome JULAR tem a sua origem no nome dos fundadores da empresa: Júlia e Amaro Santos.

1973

Fundada em 1973 para incorporar juridicamente os negócios desenvolvidos anteriormente em nome individual, a JULAR – Empreendimentos Urbanos, Lda., iniciou a sua actividade nas áreas da promoção imobiliária, comércio de materiais de construção e na importação de madeiras de Angola.

 

1982

O crescimento da área de negócios das madeiras, com a importação regular de madeira serrada do Brasil e de toros da costa ocidental de África, levou à criação de uma empresa autónoma, a JULAR – Importação e Comércio de Madeiras, Lda., em 1982.

 

1986

Desde cedo posicionada como fornecedor privilegiado das indústrias de carpintaria, marcenaria e mobiliário, a Jular iniciou em 1986 a construção de novas instalações em Azambuja, onde viria a implantar uma unidade industrial que incluía serração, secagem e transformação de madeiras exóticas.

 

1990

A produção de pavimentos e perfis iniciava-se em 1990, permitindo satisfazer a procura crescente do mercado da construção civil. Inicia-se uma viragem significativa no leque de produtos oferecidos pela Jular, que não mais parou de aumentar. Tendo como denominador comum a madeira, em breve estariam disponíveis portas decorativas, conjuntos pré-montados de porta e aduela, pavimentos estratificados e flutuantes, estruturas de madeira, placas e derivados, ferragens metálicas de acoplamento, entre outros.

 

2000

Na sequência de uma estratégia de crescente profissionalização e ordenação das participações sociais, a Jular – Importação e Comércio de Madeiras, Lda. viria a transformar-se em Sociedade Anónima, em Dezembro de 2000, adoptando a firma JULAR – Madeiras, S.A.

 

2002

Fruto da crescente procura do mercado e do aparecimento de novos produtos em madeira de incorporação tecnológica (engineered wood products), a Jular desenvolve um gabinete técnico próprio, dedicado à concepção e montagem de estruturas em madeira.

 

2006

O know-how adquirido e a partilha de conhecimento sobre aquilo que de melhor se faz internacionalmente em construção de madeira, somando a uma crescente vontade de inovar e criar novos produtos, abrem caminho para a apresentação da primeira casa modular em madeira desenvolvida pela Jular - a Treehouse.

 

2009

Realização da maior obra construída em madeira em Portugal - o Zmar Eco Campo Resort & Spa, na Zambujeira do Mar.

 

2010

Incêndio na fábrica de Azambuja.

Primeira obra de exportação de módulos - o Soyo Village, em Angola - a que se seguem outros projectos em França, Reino Unido e Angola.

 

2014

Primeira exportação de casas em painéis - sistema Auzz.

 

2015

Primeira fase do complexo comercial Baía de Luanda.

Produtos relacionados